Visualizações de página do mês passado

quinta-feira, 23 de abril de 2015

#ESPECIAL2TS 10 Dicas para Construir o seu Home Office!


Caro leitor,


O Home Office deixou de ser aquela solução “barata” e pratica que era implantada apenas por novos empreendedores no inicio da vida de suas empresas, e tem se tornado um conceito cada vez praticado por grandes empresas, que veem neste caminho a oportunidade de oferecer a seus funcionários uma maior qualidade de vida, sem perder a produtividade necessária para o sucesso do empreendimento.

O que começou como uma alternativa para eliminar os custos com locação de escritórios, com o passar do tempo acabou se mostrando uma excelente oportunidade para trabalhar com maior comodidade, diminuindo o stress da rotina diária, e aumentando o conforto e produtividade do profissional. É claro, não são todos os profissionais que podem se dar ao “luxo” de trabalhar em “casa” (ainda), mas vemos que os avanços tecnológicos e a quebra de paradigmas corporativos tem possibilitado a um numero cada vez maior de profissionais a possibilidade de fazer suas atividades do escritório no “Lar Doce Lar”.

Apesar da ideia de trabalhar em casa parecer o sonho de todo o profissional e empreendedor, é importante avaliar que esta nova rotina não traz apenas pontos positivos, mas também alguns negativos que se não forem cuidados podem tornar este sonho um grande pesadelo. Por isso, antes de se animar para levar essa proposta ao seu chefe, ou sair do escritório alugado e abrir sua empresa no quarto do fundo de casa, vale a pena ler nossas dicas e analisar se você já possui o necessário para iniciar esta nova empreitada.

Para auxiliar você a tomar essa decisão, e principalmente ajudar a construir o espaço ideal, elaboramos uma lista com 10 dicas praticas que te ajudarão a criar um Home Office confortável, criativo e muito produtivo.


Confira nossa lista:


1 – TENHA O SEU ESPAÇO
O maior desafio do Home Office é sem duvida manter o profissional focado e produtivo durante todo o dia de trabalho. Para conseguir este importante objetivo é fundamental que haja um espaço exclusivo para a realização das atividades da empresa, ou seja, não adianta querer improvisar e trabalhar na mesa da cozinha ou no sofá da sala, pois isso provavelmente refletirá de forma muito negativa em sua produtividade. Não estou dizendo que é pra você desalojar sua avó e fazer do quartinho dela seu escritório, mas é fundamental que antes de se aventurar no Home Office você saiba exatamente onde e como você vai poder trabalhar em casa. Tenha seu espaço de acordo a sua necessidade, isso pode fazer toda a diferença.


2 – CRIE SEU AMBIENTE
Trabalhar em casa tem grandes vantagens em comparação com os escritórios das empresas, e uma delas é a possibilidade de ter sua própria decoração, móveis e demais objetos que você gosta e acha necessário na sua rotina profissional. Seja criativo, crie um ambiente confortável, aconchegante, moderno, e principalmente sem todas aquelas coisas que te chateavam no antigo escritório. Mas, vale uma ressalva neste ponto, apesar de você ter total liberdade para montar seu espaço, tenha cuidado para não acabar construindo um cenário “muito criativo”, pois isso pode acabar jogando contra você, fazendo com que sua atenção saia constantemente do trabalho para ficar admirando aquela cadeira cheia de curvas e que na verdade é pouco ergonômica.   


3 – MANTENHA ALGUNS HÁBITOS
Apesar do fato de você agora estar trabalhando a pouco mais de 30 segundos da sua cama, isso não quer dizer que você pode fazer suas atividades de pijama e pantufas. O ideal na verdade é que você mantenha a sua rotina de se arrumar para o escritório, vestindo suas roupas convencionais, e inclusive se maquiando (para as mulheres). Trabalhar com roupas muito informais em casa pode te deixar relaxado em demasia, e fazer com que sua produtividade reduza durante o dia, pois no seu inconsciente ficará a mensagem de que você pode voltar pra cama a hora que quiser. Porém, também não precisa levar ao extremo e vestir o terno e calçar o salto alto, pode ser um pouco mais confortável, o importante é encontrar esse limite pra não perder o clima de que você esta trabalhando.






4 – DOUTRINE SUA FAMÍLIA
Este é outro grande desafio do Home Office, pois diz respeito ao convívio com sua família enquanto você trabalha. Sinceramente, o melhor a fazer neste caso é ter uma conversa franca com todos que fazem parte da rotina da casa e esclarecer que apesar de você estar no quarto ao lado, você não esta disponível o tempo todo. Quando o profissional e/ou empreendedor tem filhos pequenos que passam parte do dia em casa, essa tarefa pode ser ainda mais complexa, pois as crianças terão dificuldade para entender os motivos de não poderem brincar com o pai (mãe) enquanto ele (a) esta logo ali. Este pode ser um grande desafio no começo, conseguir doutrinar a casa para sua nova rotina, mas acredite, é fundamental que você consiga isso, e o quanto antes, pois é impossível ser produtivo com interrupções a todo momento para resolver questões domesticas. Como dica, tenha uma conversa franca com todos, e se preciso, crie uma cartilha com situações que permitem e que não permitem te chamar no Home Office, isso pode ajudar a doutrinar a casa.


5 – DEFINA TAREFAS, E NÃO HORÁRIOS
Qual a vantagem do Home Office se você definir que precisa trabalhar todos os dias da semana durante 10 horas por dia? Um dos maiores erros de muitas empresas e líderes no mercado, é acreditar que o profissional produtivo é aquele que chega as 07:30hs (da madrugada) e sai as (22:00hs) de domingo a domingo, sinceramente, acho que este é até um dos menos produtivos da empresa. Com o Home Office, a melhor estratégia é que você vincule sua rotina de tarefas a um número de prioridades a serem concluídas durante o dia. Com este conceito organizacional você notará que as comuns distrações como Redes Sociais e piadinhas no “Whats” se tornarão cada vez menos frequentes do que no antigo escritório, e seu dia renderá muito mais, afinal de contas, seus objetivos do dia precisam ser concluídos o quanto antes. Somente desta forma você vai conseguir ter aquele tempinho de tomar um sorvete com os filhos, dar um passeio no shopping no meio da tarde, almoçar com seus pais, entre tantas outras coisas que só um Home Office bem sucedido pode permitir. Estes “benefícios” podem e devem ser utilizados como pontos motivacionais no seu dia, pois produzem um excelente sentimento de recompensa pelo dia produtivo.


6 – TENHA TUDO PERTO DE VOCÊ
Ter que atravessar a casa toda para pegar um grampeador pode produzir uma infinidade de distrações que impactarão diretamente na produtividade do seu dia. Para evitar que isso ocorra, tenha perto de você todos os materiais e objetos necessários em sua rotina de trabalho. Mantenha tudo organizado de acordo ao volume de utilização durante o dia. Por exemplo, itens como canetas, grampeador, folhas de sulfite e bloco de anotações devem sempre estar próximos das mãos. Em contrapartida, livros, arquivos de clientes e materiais de reposição podem ficar armazenados até mesmo em outro cômodo, caso seu espaço não comporte a acomodação deles no mesmo ambiente. Essa estratégia também vale para alimentos como frutas, água, sucos, biscoitos, entre outros. Lembre-se que cada ida à geladeira pode fazer você não conseguir concluir suas tarefas do dia.  


7 – SAIR DO HOME OFFICE É PRECISO
Quando trabalhamos em casa, acabamos por perder o contato com o mundo externo, e isso pode prejudicar. A ausência daquele bate papo rápido na hora do café, a troca de informações com colegas de trabalho, e a falta do feedback do líder e/ou cliente contigo podem ser muito prejudiciais para seu desempenho. Por isso, é importante que de forma planejada você saia do seu Home Office e faça atividades fora do ambiente de trabalho. Por exemplo, visitar uma feira de negócios, trabalhar uma tarde em uma cafeteria, ir a um evento de networking, ou até mesmo almoçar com antigos colegas de trabalho pode ser um bom caminho para você não se manter tão distante do convívio profissional com outras pessoas. Estas estratégias podem ser uma boa inclusive pra você encontrar soluções e novas alternativas para o desenvolvimento de seus projetos. Mantenha-se aberto ao mundo!




8 – TENHA UMA LINHA TELEFÔNICA EXCLUSIVA
Pode parecer frescura ou um gasto sem necessidade, mas acredite, é fundamental que seu empreendimento no formato Home Office conte com uma linha exclusiva para atendimento de seus clientes. Além de agregar um imenso valor profissional ao seu negócio, esta ação evitará que aconteçam “acidentes” como seu filho de 4 anos atender uma ligação importante de um potencial cliente. Dependendo do seu segmento de atuação esse pode ser o ponto final na sua relação com esse cliente. Além de uma linha exclusiva e personalizada para sua empresa no Home Office, também vale a pena investir em um computador e impressora potentes, pois não se esqueça que agora você não terá mais o “cara da TI” pra salvar sua vida quando o PC travar, e um dia sem trabalhar pode afetar demais seu rendimento e até faturamento.


9 – NÃO RECEBA CLIENTES EM CASA
Caso o seu Home Office não esteja localizado em uma parte separada da casa, inclusive com entrada separada, evite marcar reuniões com seus clientes em seu escritório. Sempre deixe claro a eles o formato que você atua, e veja a possibilidade das reuniões serem no escritório dele, ou ainda em um local neutro para ambos. Hoje em dia já existem diversas empresas que realizam a locação de espaços para a realização de reuniões, e por um preço bem interessante e viável para micro empreendedores. Ter clientes e familiares em um mesmo ambiente não é nada profissional, e ainda abre espaço para que ocorram incidentes que podem deixar uma imagem negativa sobre seu perfil e negócio.


10 – TENHA FOCO E COMPROMETIMENTO
Essa é com certeza a dica mais importante pra quem esta entrando no universo do Home Office! Mesmo que você não consiga ter um escritório moderno como sempre sonhou, ou que ainda demore um pouco para sua família se acostumar com a nova rotina, não perca o foco e se mantenha determinado para atingir os objetivos traçados. De agora em diante o resultado só dependerá de você, para o bem e para o mal... Rsrs! Como dica para todo o empreendedor: NÃO DESISTA!


Em resumo, apesar das vantagens da flexibilidade de horário, conforto, fim do stress no transito e aumento da qualidade de vida, trabalhar Home Office é um grande desafio de determinação e produtividade, e infelizmente nem todos estão prontos para isso. Mas, espero que este post possa ter ajudado boa parte de nossos leitores que ou já possuem o seu Home Office, ou estão estudando iniciar suas atividades neste formato.


Tenha em mente que será um desafio, mas que as recompensas valem muito o esforço!


Gostou das dicas? Entre em contato e nos conte sua história no Home Office, e quais você considera os maiores pontos positivos e negativos deste formato de trabalho!

Abraços


E-mail / Skype: leandro.2ts@hotmail.com
Twitter: @leo2ts
#2TS
 “Os Sonhos nos Motivam, mas são as Idéias que nos Movem”.
Deixe seu comentário a respeito do post publicado, sua opinião é muito importante para que possamos oferecer  um conteúdo cada vez mais interessante para o seu dia a dia.